08/03/2016

Dia Internacional da Mulher


Boa noite pessoas! Então... ontem à noite, conversando num grupo do Whats com o pessoal da época da faculdade, uma colega sugeriu aderíssemos a essa imagem como foto do perfil no facebook no dia de hoje. Venho buscar aqui, portanto, uma breve reflexão sobre esse dia.

A história das mulheres que inspiraram esse dia não deveria ser lembrada somente hoje, mas todos os dias das nossas vidas. Digo mais, não só a historias dessas mulheres que foram queimadas vivas na fábrica de tecidos, mas também daquelas que foram queimadas vivas acusadas de bruxaria e de heresia, como a filósofa Hipátia e a heroína francesa Joana D’arc, as que “queimaram” seus sutiãs para protestar contra a ditadura da beleza que até hoje é imposta pela mídia, as militantes que até hoje estão “desaparecidas” por enfrentarem uma ditadura civil militar para que hoje pudéssemos viver em democracia, as mãe que criam seus filhos sozinhas por seus filhos terem sido abortados pelos pais, as que lutaram/lutam para que tivéssemos/tenhamos direito ao voto, a melhores condições de trabalho, melhores salários... O movimento feminista que busca constantemente a luta pelo espaço, direito e proteção das mulheres. Poderia passar a noite toda citando todas as mulheres a quem devemos reverenciar e lembrar, porém o objetivo desse post de hoje é para deixar um recadinho para todas as mulheres:

EMPODEREM-SE!

Tomem como exemplo essas mulheres citadas acima, sejam donas de si, tenham poder sobre si, amem-se, divirtam-se... sua vida e seu corpo pertencem a você!

Encerro o post de hoje com um poema escrito por uma das mulheres que tenho como grande exemplo de vida, de força, de luta... Minha mãe Orleyna Moura, atriz e poetisa.

MULHER
Que livre!
Que leve!
São as certezas que somos lutas
Que somos sonhos
Carregando na alma todos os sentimentos
Todas as emoções...

Por que somos MULHER.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 Blog renatamassa.com